Para oferecer uma medicina diagnóstica avançada a médicos e pacientes, a Transduson desenvolveu uma política interna que se diferencia por executar, de forma simultânea, três diferentes programas de controle de qualidade.

Por conta deste esforço, o índice de acerto nos exames da instituição atinge uma média bem acima do patamar mínimo normalmente admitido no mercado de Medicina Diagnóstica.

Em um dos programas, a organização verifica diariamente se os valores observados em todos os seus equipamentos se encontram dentro dos padrões pré-determinados. Os dados são confrontados com os resultados de cerca de 300 centros de diagnósticos de todo o mundo.

O segundo programa é desenvolvido em conjunto com os fabricantes de equipamentos. Essa verificação também é diária e acontece por meio de controles comercializados, que representam amostras biológicas.

O terceiro programa, de caráter externo, fornece as amostras biológicas com valores já conhecidos para confirmação. O sistema permite confrontar os resultados com os apurados pelos outros dois controles internos. Ainda neste terceiro programa, a Transduson desenvolve o ensaio de proficiência da Controllab, para aferir de modo constante todos os equipamentos, bem como os exames manuais. Os resultados são confrontados com os dados de mais de mil laboratórios de todo o Brasil.

Siga-nos nas redes sociais