(11) 2222-1130

(11) 4185-8595

logo-rodape

(11) 4195-6047

Noites de insônia? Dicas para um sono reparador e mais qualidade de vida

Noites mal dormidas e dias cheios de fadiga são problemas comuns que afetam milhões de brasileiros. Segundo a Associação Brasileira do Sono, mais de 70 milhões de pessoas no país sofrem com insônia, o que impacta negativamente tanto a saúde física quanto a mental. No entanto, com algumas mudanças simples na rotina e no estilo de vida, é possível melhorar a qualidade do sono e, consequentemente, a disposição para enfrentar o dia a dia.

Um dos fatores que podem contribuir significativamente para um sono mais reparador é a ventilação do ambiente. Pesquisadores da Universidade de Tecnologia de Eindhoven, na Holanda, descobriram que dormir em um quarto bem ventilado melhora a qualidade do sono porque reduz os níveis de dióxido de carbono (CO2) no ambiente, promovendo um sono mais profundo. Para aplicar essa dica, abra a janela ou a porta do quarto antes de dormir, mas garanta que o quarto permaneça escuro para evitar que a claridade atrapalhe o sono.

Além de um ambiente bem ventilado, a companhia de um animal de estimação pode também melhorar a qualidade do sono. Um estudo revelou que pessoas que dormiam com seus pets relatavam um sono “acima do satisfatório” em 83% do tempo. A sensação de conforto e segurança proporcionada pela presença do animal pode ser a chave para uma noite de sono mais tranquila. No entanto, é recomendável que o pet durma no chão do quarto, pois permitir que ele suba na cama pode prejudicar a qualidade do sono.

Outro aspecto crucial para um sono reparador é encontrar um propósito na vida. Pessoas com um propósito claro são menos propensas a sofrer de apneia do sono e síndrome das pernas inquietas, condições que podem causar insônia. Praticar exercícios físicos, desfrutar de um café da manhã em família ou dedicar-se a um hobby são atividades que podem ajudar a encontrar esse propósito e melhorar a qualidade do sono.

A alimentação também desempenha um papel importante na qualidade do sono. Alimentos ricos em magnésio e selênio, como castanhas, amêndoas, nozes e sementes de chia, são essenciais para um sono profundo e reparador por favorecerem as ondas cerebrais associadas ao sono profundo.

Por fim, manter uma rotina regular de sono é fundamental. Estabelecer horários fixos para dormir e acordar, inclusive nos finais de semana, ajuda a regular o ritmo circadiano do corpo. Evitar cochilos durante o dia, criar um ambiente relaxante no quarto e evitar o uso de aparelhos eletrônicos antes de dormir são outras práticas recomendadas para melhorar a qualidade do sono que você pode testar!

Para mais informações, acesse: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2024/06/30/dorme-mal-veja-como-melhorar-seu-sono-segundo-a-ciencia.htm

A cafeína e o Alzheimer: um novo aliado na luta contra a doença

Estreia da nova temporada de “Saúde e Você” com a Dra. Luciana Dias como convidada especial!

Noites de insônia? Dicas para um sono reparador e mais qualidade de vida