(11) 2222-1130

(11) 4185-8595

logo-rodape

(11) 4195-6047

Ressonância Magnética: exame de imagem indolor e não-invasivo

Procedimento obtém imagens em alta definição de órgãos e tecidos internos

Indolor e não-invasivo, o exame de Ressonância Magnética é usado para a obtenção de imagens em alta resolução em 2D ou mesmo 3D de órgãos e tecidos internos. Entre os usos desse exame estão a análise das mais diversas suspeitas, sendo muito requisitado para casos de esclerose múltipla, tumores, coágulos, acidentes vasculares érnias de disco.

O exame é realizado dentro de um tubo para onde o paciente desliza sobre uma maca. Nele, através de uma ação magnética, as imagens são captadas. A ressonância dura entre 15 e 40 minutos, podendo superar 1 hora de duração, dependendo do caso e do paciente.

Antes da realização do exame, o paciente deverá responder a um questionário médico simples para indicar condições pré-existentes. O jejum pode ser necessário, dependendo do local a ser analisado. Por se tratar de um aparelho magnético, objetos metálicos como brincos, piercings, colares, relógios, zíperes, entre outros não são permitidos durante o procedimento.

Para o exame, o paciente usará um avental cedido pelo laboratório e um protetor auricular para reduzir o ruído. No início do procedimento, um equipamento chamado de bobina cobrirá a área do corpo que será analisada para melhorar a qualidade da imagem.

Durante a análise, o paciente deverá se manter imóvel e seguir as instruções do profissional responsável. No caso de desconforto durante o exame, o paciente poderá usar um sistema de áudio presente na própria máquina para se comunicar.

A cafeína e o Alzheimer: um novo aliado na luta contra a doença

Estreia da nova temporada de “Saúde e Você” com a Dra. Luciana Dias como convidada especial!

Noites de insônia? Dicas para um sono reparador e mais qualidade de vida