(11) 2222-1130

(11) 4185-8595

logo-rodape

(11) 4195-6047

Risco em ascensão: a ameaça da Febre Oropouche no Brasil

Recentemente, o Ministério da Saúde emitiu um alerta preocupante sobre o aumento dos casos da febre oropouche no Brasil. Essa doença viral, transmitida por mosquitos silvestres, tem preocupado as autoridades de saúde devido ao seu potencial impacto na população. Ao menos 13 estados já relataram casos da doença.

A febre oropouche é causada pelo vírus Oropouche (OROV), que é transmitido pela picada do mosquito-pólvora, encontrado em áreas de mata próximas a rios e lagos. Os sintomas da doença incluem dor de cabeça, dores no corpo, náuseas e diarreia.

Segundo o Ministério da Saúde, houve um aumento significativo no número de casos da febre oropouche em diversas regiões do Brasil, principalmente nas regiões Norte e Centro-Oeste. Isso levanta preocupações sobre a propagação da doença e a necessidade de medidas preventivas por parte da população e das autoridades de saúde.

Para prevenir a febre oropouche, é importante adotar medidas simples, como evitar o acúmulo de água parada e folhas acumuladas, usar repelentes, especialmente em áreas de mata e proteger-se contra picadas de mosquitos com roupas que cubram a maior parte do corpo.

Diante desse alerta emitido pelo Ministério da Saúde, é essencial que a população esteja consciente sobre os riscos da febre oropouche e tome as medidas necessárias para se proteger.

Referência: [R7 Notícias – Ministério da Saúde faz alerta sobre aumento de casos da febre oropouche no Brasil](https://noticias.r7.com/saude/ministerio-da-saude-faz-alerta-sobre-aumento-de-casos-da-febre-oropouche-no-brasil-18052024/

Celebração do Dia Mundial do Doador de Sangue: um ato de solidariedade e esperança!

Desafios diários de uma pessoa com TDAH

Chegada do inverno: como manter a saúde e o bem-estar!